Aguarde. Carregando informações.

http://www.fat-al.edu.br

Professor da FAT destaca a importância dos arquitetos no trabalho de conservação e restauro de monumentos e edificações


Ele é responsável por pensar, repensar, traçar e até fiscalizar a execução de espaços internos e externos. Diretamente ligado ao crescimento dos municípios, é o arquiteto urbanista quem planeja a expansão de prédios, casas e espaços urbanos. Este profissional trabalha, principalmente, com espaços que vão desde o cômodo de uma casa até uma cidade inteira. O exercício pleno da profissão pode ser direcionado para várias áreas: projeto arquitetônico, arquitetura de interiores, arquitetura paisagista, conforto ambiental, gerenciamento de obras, projeto de urbanismo, planejamento urbano e regional, dentre outras. Além de projetar edificações, planejar cidades e atuar nessas demais áreas, o profissional de Arquitetura e Urbanismo também pode atuar na conservação e restauro de monumentos e edificações.

João Paulo Omena, Arquiteto e Urbanista, e professor do curso de Arquitetura e Urbanismo da Faculdade de Tecnologia de Alagoas (FAT) destaca os trabalhos que estão sendo realizados em Alagoas no campo do Patrimônio Cultural, como o Dossiê de Tombamento da rua Sá e Albuquerque (em processo) – localizado no centro histórico de Jaraguá – como subsídio para seu tombamento federal;  a Salvaguarda do Patrimônio Imaterial de Alagoas (2014/2015), como forma de mapear e identificar as referências culturais do Estado; e algumas obras de conservação de bens de interesse histórico e cultural, como a atual manutenção do prédio do Museu Theo Brandão de Antropologia e Folclore (MTB), uma edificação em estilo eclético, construída no início do século XX, tombada em instância estadual (1983) e restaurada entre 2000 e 2002. “Destaco aqui a importância e a contribuição do profissional Arquiteto e Urbanista na valorização do patrimônio cultural, especialmente do patrimônio de Alagoas, que este ano completa seus 200 anos”, salienta o professor.

 

O curso

A coordenadora do curso de Arquitetura da FAT, Juliana Lessa, explica que, durante as aulas, os alunos aprendem a traduzir as necessidades atuais das cidades e seus espaços, como o urbanismo, a edificação, o paisagismo, a conservação e a valorização do patrimônio construído e do meio ambiente. “A estrutura curricular do curso da FAT é pensada para oferecer ao aluno conteúdos fundamentadores, profissionais e específicos. O incentivo à criatividade, sensibilidade artística, consciência socioambiental e capacidade técnica são elementos essenciais das disciplinas do curso”, destaca a coordenadora. “A instituição oferece, ainda, laboratório de Maquetaria e de Conforto Ambiental, Ateliê de Projetos e Sala de Desenho, além de atividades extraclasse para a vivência do mercado”, finaliza Juliana.

Sistema Acadêmico

Acessar