FAT - “Precisamos criar órgãos de controle capazes de minimizar os efeitos das fake news”, alerta o ministro Gilmar Mendes, durante palestra promovida pela UMJ
Aguarde. Carregando informações.

http://www.fat-al.edu.br

“Precisamos criar órgãos de controle capazes de minimizar os efeitos das fake news”, alerta o ministro Gilmar Mendes, durante palestra promovida pela UMJ


Na última quarta-feira (10.6), quando o Supremo Tribunal Federal começou a julgar, em sessão plenária por videoconferência, a constitucionalidade do chamado “inquérito das fake news”, aberto em março de 2019 para investigar ofensas, ameaças e notícias falsas contra o Tribunal, o Centro Universitário Mario Pontes Jucá – UMJ promoveu a palestra "O Papel do Supremo Tribunal Federal como Guardião da Constituição: Liberdade de Expressão e Fake News", com a participação do ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes.

“A corte é atacada por impor limites a ações totalitárias, em defesa da constituição e da democracia. Precisamos criar órgãos de controle capazes de minimizar os efeitos das fake news”, disse o ministro, que foi acompanhado, por meio de uma transmissão online, por estudantes e profissionais de todo o País. “É necessário que a imprensa livre tenha seu papel reconhecido, contrastando com a desinformação”, complementou.

O evento foi aberto pelo reitor da UMJ, professor Mario Cesar Jucá, e contou com a participação do doutor em Direito Público, George Sarmento, e do presidente da OAB/AL, Nivaldo Barbosa Junior. “Vivemos, hoje, um momento histórico para a nossa instituição, com a presença do ministro Gilmar Mendes”, comentou o reitor ao realizar a abertura oficial do evento, conduzido pela coordenadora do curso de Direito da instituição, Adilza Amaral. “Vivemos centenas de desafios ao Direito Constitucional. Tal exceção à normalidade torna imprescindível analisar, debater e compreender o procedimento e limites de decisões coletivas, dito de outro modo, ao Direito Constitucional e sua validade e eficácia", destacou a coordenadora.

Ao longo do evento, transmitido ao vivo pelo canal do youtube da instituição, o professor George Sarmento destacou a importância de discussões como a que foi proposta pelo centro universitário. “Essa é uma discussão ampla para toda a população. Todos devemos participar do combate à propagação de crimes contra a nossa liberdade e debater sobre os modelos de proteção efetiva dos direitos fundamentais”, alertou ele. “Devemos estar sempre vigilantes a fim de reerguer a nossa dignidade”, complementou Nivaldo Barbosa.

O advogado e vice-presidente do Sindicato dos Advogados de Alagoas, Felipe Cavalcante, parabenizou a instituição pela iniciativa. “Quero parabenizar a UMJ pela palestra brilhante com o ministro do STF, a qual deixou claro que, entre a liberdade de expressão e a prática criminosa das fake news, o discurso de ódio não pode prevalecer nunca”.  Opinião compartilhada pela estudante do curso de Engenharia Civil, Maria Eduarda Pelizaro, que acompanhou a palestra de Londrina (PR), onde mora. “Uma palestra extremamente necessária para todos. Vivemos em um período no qual as fakes news têm o poder de afetar diretamente a nossa vida. Parabenizo a instituição por um momento tão esclarecedor", disse a estudante.

GALERIA DE IMAGENS


Sistema Acadêmico

Acessar