FAT - Palestras sobre Neuropsicologia e Pessoa com Deficiência e o Mercado de Trabalho abordam a aplicabilidade na profissão e a inclusão das temáticas na graduação
Aguarde. Carregando informações.

http://www.fat-al.edu.br

Palestras sobre Neuropsicologia e Pessoa com Deficiência e o Mercado de Trabalho abordam a aplicabilidade na profissão e a inclusão das temáticas na graduação


Para promover uma abordagem didática, o curso de Psicologia do Centro Universitário Mario Pontes Jucá – UMJ realizou, no último dia 17 de junho, um webinar sobre a relação da Pessoa com Deficiência e o Mercado de Trabalho, e no dia 18, o I Simpósio Virtual Alagoano de Neuropsicologia. Os eventos reuniram alunos, professores e especialistas em um momento de conhecimento e discussão. "Em ambos os eventos nós notamos o engajamento dos alunos desde a organização à participação. Mesmo em um momento tão crítico, nós não podemos estagnar o nosso conhecimento", comenta Juliana Omena, Pró-reitora Acadêmica da UMJ.

A webinar sobre a relação da Pessoa com Deficiência e o Mercado de Trabalho, realizada por meio do canal da UMJ no YouTube, reuniu profissionais como Sérgio Sampaio Bezerra, doutor em Ciências Sociais e Superintendente do Instituto de Ensino e Pesquisa Darci Barbosa, Iracema Aparecida dos Santos, pedagoga e diretora do Centro de Formação Profissional e Coordenadora Nacional pela FENAPAES de Educação Profissional, e a psicóloga e coordenadora do Centro Unificado de Integração e Desenvolvimento do Autista (Cuida), da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Maceió, Fabiana Lisboa.

"Os desafios e as conquistas na inclusão do PcDI no mercado formal de trabalho" foi o tema que abriu a noite de discussões com Sérgio Sampaio, ressaltando a produtividade dos PcDI e as verdades sobre a sua atuação. "Essa discussão promove a redução dos mitos em relação a essa inclusão, bem como ressalta a importância do setor de recursos humanos das empresas na promoção dela", comenta. O segundo momento da noite foi sobre "Metodologias para o acesso e a inserção das pessoas com deficiência no mundo do trabalho", com Iracema Ferreira. Ela explica que “essas metodologias ajudam a identificar o potencial e as preferências da pessoa com deficiência, criando ações para que ela se desenvolva no ambiente de trabalho".

O I Simpósio Virtual Alagoano de Neuropsicologia, realizado na última quinta-feira (18.6), por meio da plataforma PESCA, discutiu temáticas como: Neurociência Aplicada à Prática Clínica em Saúde Mental, com o mestre em Psicologia Clínica, Frederico Alves; a Neuropsicologia nos Transtornos do Espectro Autista, com a especialista em Neuropsicologia Clínica, Fabiana Lisboa; e Aspectos Neuropsicológicos relacionados à Dor Crônica com a mestre em Psicologia, Camila Vasconcelos. "É importante relacionar a neurociência com campos da psicologia que não abrangem essa temática também, em teorias como do Vigotsky, que não relaciona diretamente com aspectos neurobiológicos. Esse momento é extremamente útil para esclarecer essas dúvidas", comentou Alves.

Sobre a Neuropsicologia nos Transtornos do Espectro Autista, a psicóloga Fabiana Lisboa comentou que o Brasil tem 12,7 milhões de pessoas com deficiência, o que equivale a 6,7% da população, segundo o IBGE.  "Acredito que, com a atualização dos dados, esse número vai crescer ainda mais. A comunidade científica precisa estar preparada para trabalhar com essa população", relata.

A estudante Lívia Joane, do curso de Psicologia, participou do evento e comemora a participação dos acadêmicos. "Foi gratificante participar da organização de um evento tão necessário para a nossa formação. Com isso, nós entendemos que a neuropsicologia é uma área profissional bastante promissora", finaliza.

GALERIA DE IMAGENS


Sistema Acadêmico

Acessar