FAT - Cerveja artesanal produzida pelos alunos de Gastronomia da FAT vai concorrer a prêmio nacional
Aguarde. Carregando informações.

http://www.fat-al.edu.br

Cerveja artesanal produzida pelos alunos de Gastronomia da FAT vai concorrer a prêmio nacional


“MIMIMI’’. A expressão, usada na comunicação informal, dá nome à cerveja criada pelos alunos do 4.º período de Gastronomia da FAT como atividade da disciplina de Serviços de Sala e Bar, sob supervisão da professora Amanda Calheiros e membros da Associação dos Cervejeiros Artesanais de Alagoas (Acerva/AL). A bebida foi selecionada para disputar o prêmio nacional da Associação que será entregue no período de 31 de maio a 1º de junho, em Belo Horizonte (MG), à “melhor cerveja das melhores’’, chamada de best- of-show.

 

A produção da bebida é fruto de uma parceria da FAT com a Acerva, com o apoio da Caatinga Rocks, que doou as garrafas. “Em alguns dias, desenhamos juntos uma receita que valorizasse ingredientes inusitados para uma cerveja. Gostamos tanto do resultado que a Acerva alagoana inscreveu a MIMIMI no concurso nacional das Acervas, com juízes qualificados pelo Beer Judge Certification Program (BJCP). Na primeira fase, as melhores cervejas recebem medalhas de ouro, prata ou bronze. Das finalistas sai a best- of-show”, explica o presidente da Acerva Alagoana, Vitor Falcão.

 

O Desafio

A degustação da cerveja foi realizada um mês após o início do processo de produção. “Começamos com a montagem dos grãos e o cozimento. Eu e o mestre cervejeiro da Acerva explicamos aos alunos o passo a passo para a elaboração de uma cerveja artesanal. A produção desse dia foi levada para fermentação’’, explica Amanda. A turma ficou responsável por pesquisar sobre o estilo da cerveja, o nome e formatar o rótulo. “ ‘MIMIMI’ foi escolhido por representar bem o comportamento da turma. Pessoas diferentes, que pensam diferente e que têm suas particularidades. É uma turma para lá de especial! A nossa cerveja é ao estilo Saison belga, com notas cítricas, camomila e gengibre’’, destaca a aluna Mariana Farias.

E para finalizar o desafio, os alunos da turma participaram de uma degustação às cegas. “Oferecemos três cervejas artesanais para eles. Uma delas era a MIMIMI. Eles analisaram cor, sabor, aroma, acidez, amargor e corpo. O objetivo era avaliar tudo o que eles haviam pesquisado para a fabricação da cerveja’’, complementa Amanda.

 Para Tina Purcell, coordenadora do curso de Gastronomia da FAT, atividades como essas contribuem, de forma muito positiva, para a formação acadêmica. “Estamos sempre atentos às tendências de mercado para trazer novas oportunidades aos nossos alunos’’, ressalta ela, feliz pela produção da turma e pela indicação ao prêmio. “Vamos torcer”, finaliza.

GALERIA DE IMAGENS


Sistema Acadêmico

Acessar