Aguarde. Carregando informações.

http://www.fat-al.edu.br

Atleta FAT é homenageado durante sessão especial na Câmara Municipal de Maceió


O bicampeão brasileiro dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBS), na Natação Paralímpica, Alexandre Junior, 30, recebeu na última quinta-feira (22.3), na Câmara Municipal de Maceió, a Comenda Gerônimo Ciqueira, criada para homenagear pessoas e entidades filantrópicas e sociais que se destacam na defesa da inclusão social, econômica, política e cultural das pessoas com deficiência no município de Maceió. “Me senti lisonjeado. Contaram toda a minha história no esporte, desde o comecinho, e minha família lá presente... Fiquei muito emocionado’’, relata o atleta, com os olhos marejados.

A história de Alexandre Junior no esporte teve início em um processo de reabilitação.  Aos 13 anos, ele foi acometido por uma infecção que se alojou no fêmur, levando-o a amputar uma parte do osso. Por orientação médica, Alexandre começou a fazer hidroginástica. “Quando estava na hidro, fui convidado a fazer um teste para a natação e, com pouco mais de dois meses, já estava competindo’’, relembra o bicampeão.

O atleta é especialista nas modalidades 50 metros costas e 50 metros livre. “Já conquistei seis medalhas do JUBS – quatro de ouro e duas de prata –, duas de prata em competições internacionais, e tenho uma prata também da copa ‘Rei e Rainha do Mar’. Esse mês ganhei três medalhas de outro na 1.º etapa do Campeonato Alagoano, além das conquistas em campeonatos regionais’’, comemora ele, que divide o tempo entre os treinos na academia, na piscina e o curso de Direito da FAT – o atleta é aluno do curso de Direito e participa do programa “Seja um Atleta FAT”, que concede descontos de até 100% nos cursos da faculdade para atletas. “Meu dia começa bem cedo com o treino na piscina, durante toda manhã, depois sigo para academia e, à noite, vou para a faculdade”, relata o atleta.

No celular, ele agenda todos os compromissos e competições. “A rotina de treino varia de acordo com as datas das competições. Agora estou focado em conquistar o tricampeonato nos Jogos Paralímpicos Universitários, em maio, uma seletiva para os Jogos Parapan-Americanos Universitários’’, explica o atleta.

A falta de apoio quase o tirou das competições. “Já estava pensando em parar porque faltava incentivo. Então, a FAT abriu seleção para participar do programa que une esporte e educação. Naquele momento, vi uma ótima oportunidade porque sempre quis cursar Direito, mas não tinha condições financeiras”, explica. “Alexandre é um dos nossos grandes atletas. Se destaca tanto no esporte quanto em sala de aula, um bom exemplo de que o esporte é um grande aliado na melhoria do rendimento acadêmico’’, destaca o Erivaldo Silva ‘’ Shampoo’’, coordenador de esportes da FAT.

A mãe de Alexandre, a aposentada Rita de Cássia dos Santos, é só orgulho ao falar do filho. “Quando ele teve o problema de saúde, lutamos juntos. Quando Alexandre começou a nadar, era muito difícil porque, muitas vezes, tínhamos que pagar a passagem e a hospedagem para ele competir. Hoje temos o apoio da FAT. Ver meu filho sendo homenageado é uma vitória para toda a família’’, emociona-se. “Eu nunca encarei a minha deficiência como um limite. Pelo contrário. Quero ser exemplo e inspiração. Quero que me olhem e acreditem que também são capazes’’, finaliza.

GALERIA DE IMAGENS


Sistema Acadêmico

Acessar