Aguarde. Carregando informações.

http://www.fat-al.edu.br

Arquitetura Empreendedora é tema de ciclo de palestras na FAT


Oferecer ao mercado soluções inéditas e de valor agregado. Esse é o diferencial dos arquitetos de sucesso. “Isso é possível quando conhecemos os desafios da profissão, saindo da zona de conforto e buscando estratégias eficazes de aprimoramento e desenvolvimento pessoal”, destaca Renata Marques, professora do curso de Arquitetura e Urbanismo da FAT que promoveu, nos dias 9 e 10 de maio, na Unidade Barro Duro, o ciclo de palestras “Arquitetura Empreendedora”, com a presença dos arquitetos Thiago Aron e Cris Nunes, e o consultor Marcos Batista.

Durante o evento, o arquiteto e gerente técnico do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Alagoas (CAU/AL), Thiago Aron, ministrou um workshop sobre a tabela de honorários, que é um parâmetro oficial na definição do preço de um determinado serviço de arquitetura e urbanismo. “Para cobrar um preço justo para o cliente e desenvolver um bom projeto é preciso estar atento ao cumprimento das normas e instruções de serviços”, salientou ele.

Na reta final da graduação, Gabriel Roberto da Silva, aluno do 9.° período do curso, destacou a importância do evento. “Além de estreitar o relacionamento com profissionais renomados, ampliei a minha visão sobre a área de atuação do arquiteto”, comemora. Já o recém-formado em Arquitetura, Flávio de Freitas, aproveitou a oportunidade para se informar sobre as principais tendências do segmento. “Aprendi como definir o preço do meu serviço e como captar clientes por meio das redes sociais. Para quem está iniciando a carreira, como eu, essas informações são valiosas”, ressaltou ele.

Os desafios da profissão foi o tema apresentado pela arquiteta Cris Nunes, especialista em design de interiores e iluminação. “São muitos os desafios enfrentados pela nossa profissão, desde o atendimento à inovação.  O arquiteto é um profissional em constante aprendizado, e inovar é uma das características necessárias para se destacar”, ressalta ela. Opinião compartilhada pelo Consultor em Design Estratégico e Cidades Criativas, Marcos Batista, que também participou do evento com a palestra “Por que inovar se a cama está quentinha?”.

Com mais de 27 anos de experiência, Batista falou sobre como trabalhar com inovação e empreendedorismo. “Meu objetivo hoje foi estimular o público a pensar, e sair do quadrado. E para desenvolver um novo projeto, a nossa criatividade deve estar alinhada também com o empreendedorismo”, finalizou ele.

GALERIA DE IMAGENS


Sistema Acadêmico

Acessar